Agora vem o mesmo bla bla bla de sempre

Passado a decepção da derrota do futebol feminino na final, acabei lendo essa notícia lá do site do UOL. Peguei os trechos mais importantes:

Se fosse possível atribuir valores a medalhas, a prata conquistada pelo futebol feminino valeria mais do que todas as outras obtidas pelo Brasil. Nenhum dos medalhistas brasileiros lida com condições tão adversas quanto as meninas derrotadas dramaticamente (…)

Além do preconceito que enfrentam em um país que ainda pensa que futebol “é coisa de homem”, as brasileiras têm de superar a falta de estrutura. Não há campeonato feminino nacional no Brasil. Para escolher suas jogadoras, o técnico (…) teve de assistir a vídeos -enviados pelas interessadas- com suas atuações e características.

Ao contrário de Robert Scheidt, Torben Grael e Emanuel/Ricardo, elas não têm patrocínio. (…) Para o futebol feminino, sobram apenas algumas migalhas do que é arrecadado pela seleção pentacampeã.

(…) Marta, Cristiane, Rosana, Formiga, Pretinha e cia. exibiram um ótimo futebol na decisão. Fizeram belas jogadas e mostraram habilidade, mas falharam demais na conclusão -e um pouco em sua organização. Não conseguiram superar o metódico time (…), que mostrou ter como virtude a obediência ao esquema tático.

Agora, a seleção feminina -e todas as jogadoras de futebol do país– esperam que a prata seja suficiente para sensibilizar e emocionar os brasileiros. Em uma nação que dá valor apenas aos vencedores, será suficiente uma prata (…) carregada de emoção para que se crie um campeonato nacional?

Depois da classificação para a decisão, Ricardo Teixeira, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), marcou presença na festa (…) e manifestou a intenção de se erguer uma liga feminina no país. É esperar para ver.

Sabe o que é impressionante? Esse texto é sobre a medalha de prata das olimpiadas de 2004. O mesmo discurso aconteceu também com o 4º lugar nas olimpiadas de Sidney em 2000. E aconteceu novamente agora. Aproveitando que elas estão na mídia, os aproveitadores aparecem e começam a prometer maravilhas e mais maravilhas sobre novos campeonatos…

Infelizmente as coisas vão continuar como estão. Jogadores (homens e mulheres) indo embora cada vez mais cedo, times cada vez mais pobres, se preocupando somente em ganhar dinheiro para conseguir pagar metade dos juros das dívidas, etc…

Alias, saudade de jogar futebol com o time feminino la do Society do Palmeiras-Ipiranga…

fut

Até a Amanda já jogou com a gente 😀

This entry was posted in Bla bla bla. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published.